top of page

Quando o barato sai caro.

Você já passou por esse tipo de situação? Escolheu algum produto ou serviço por achar que valeria a pena já que era mais barato? E no final das contas acabou se arrependendo?

Infelizmente isso acontece bastante quando se fala sobre contratos. Principalmente os de locação. Na internet existem vários modelos de contratos e essa aparente facilidade dá a impressão de que o que tem lá já é suficiente. E está de acordo com a lei e as suas necessidades.

Ledo engano.

Os exemplos apresentam, no máximo, alguns tópicos que devem ter em qualquer contrato, como nome dos envolvidos e sobre o que se trata. Mas apenas um profissional, no caso um advogado, vai montar um documento que atenda a todas as suas necessidades e dentro da legalidade.

Recentemente recebemos um cliente que queria alugar um imóvel e trouxe o contrato para analisarmos antes de assinar. Um verdadeiro desastre aquele documento! Sem data de vencimento, sem forma de pagamento determinada, com juros por atraso maiores do que o permitido por lei, sem eleição de foro, sem local para assinatura de testemunhas…..

Se por acaso você tem ou conhece alguém que tenha pego um modelo de internet já fique ciente que: caso algo dê errado e seja preciso ir ao judiciário para garantir um pagamento ou algum serviço o tal contrato de internet vai ser apresentado, certo?

Os juízes não olham com bons olhos quem utiliza contratos que estão em desacordo com a lei. O entendimento é que essa diferença foi colocada justamente para favorecer uma das partes e não por falta de conhecimento.

Assim sendo, sempre que precisar de um documento para oficializar uma venda ou um acordo procure um profissional. Por mais caro que possa parecer, ou até mesmo ser no seu orçamento, veja isso como um investimento. Uma conta a mais para pagar agora para ter um sono tranquilo mais adiante.




5 visualizações0 comentário
bottom of page